Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Missões’

Foram publicados hoje (5) no Diário Oficial da União, Seção 3, pág. 190, dois novos chamamentos públicos para seleção de candidatos para ocupar os cargos comissionados de dirigentes de museus ligados ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram): o Museu das Missões (Chamada Pública nº 8 – confira o edital) e o Museu Solar Monjardim (Chamada Pública nº 9 – confira o edital).

Podem concorrer ao cargo servidores efetivos e não servidores que cumpram critérios como formação acadêmica em nível superior, experiência comprovada em gestão e conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu. No processo seletivo, serão levados em consideração critérios técnicos e objetivos de qualificação baseados na análise de currículo, Declaração de Interesse e de Plano de Trabalho.

Os candidatos devem enviar a documentação (Currículo, Declaração de Interesse e Plano de Trabalho) até às 23h59 (horário de Brasília) do dia 15 de novembro de 2015, para o endereço eletrônico selecao@museus.gov.br, informando no assunto a chamada pública a qual se refere, ou para a Coordenação de Gestão de Pessoas – endereço: SBN, Quadra 2, Bloco N, Edifício CNC III, 11º andar – CEP 70.040-020 – Brasília – DF. Dúvidas e outras questões também devem ser enviadas para o mesmo endereço eletrônico.

Os Museus

Museu das Missões (RS)

Museu das Missões – São Miguel das Missões (RS)

Projetado em 1940 pelo arquiteto Lucio Costa, o Museu das Missões está situado junto ao Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo, considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. O museu reúne a maior coleção pública de imagens sacras e fragmentos missioneiros do Mercosul, expondo uma rica coleção da arte barroca elaborada pelos índios guarani nas reduções jesuíticas.

Endereço: Rua São Luis, S/Nº, São Nicolau – São Miguel das Missões – RS

Museu Solar Monjardim (ES)

Museu Solar Monjardim – Vitória (ES)

O Museu Capixaba foi criado em junho de 1939, no Quartel da Polícia Militar, com acervo multidisciplinar e eclético. Em 1952, foi transferido para a residência dos herdeiros do Barão de Monjardim e em 1966 recebeu acervo do Museu de Arte Religiosa. Na década de 1980, a instituição foi requalificada e renomeada pela então Fundação Pró-Memória e passou a se chamar Museu Solar Monjardim.

Endereço: Av. Paulino Müller, s/ nº, Jucutuquara – Vitória – ES

Fonte: IBRAM

Anúncios

Read Full Post »

A Comissão de Patrimônio Cultural (CPC) do MERCOSUL decidiu por unanimidade, nesta quarta-feira, 27 de maio, reconhecer as Missões Jesuítas Guaranis, Moxos e Chiquitos e La Payada como patrimônio cultural da região. A XI Reunião da CPC acontece em Jaguarão (RS) e segue até o dia 30 de maio. A avaliação técnica da candidatura do Sistema Missioneiro na região Guarani, Moxos e Chiquitos foi elaborada pelo Comitê Técnico ad hoc formado por especialistas da Colômbia, do Chile e Equador, ressaltando os valores e a importância das Missões Jesuíticas para o cenário cultural dos países da América Latina.

Para o Assessor de Relações Internacionais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e delegado representante do Brasil na XI CPC, Marcelo Brito, esta decisão é de grande importância para os países integrantes do MERCOSUL. Segundo ele, “foi um processo muito rico, de trabalho em conjunto, de troca de ideias e de visões, que culminou com essa aprovação, trazendo avanços para um aprofundamento quanto aos valores materiais e imateriais desse bem, e que servirá de referência para os demais países da região e do mundo”.

A representante do Comitê Técnico ad hoc, Patrícia Huenoqueo Canales, ressalta que os esforços conjuntos entre Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguay e Uruguay foram essenciais para que CPC alcançasse esse resultado. “Esse reconhecimento constitui um vínculo entre cinco países, e dentro dessa perspectiva chegamos num grande avanço para valorização do patrimônio cultural em comum dessa região.”

Missões Jesuíticas
As Missões Jesuítas Guaranis, Moxos e Chiquitos constituem em alguns aspectos essenciais, um bem patrimonial único, com elementos fortemente vinculados entre si, onde cada parte tem sua singularidade, que ajuda na compreensão e apreciação de um todo. Além disso, o sistema das Missões Jesuíticas faz parte de uma herança comum entre cinco países componentes do MERCOSUL. A partir dessas características, a comissão técnica ad hoc elencou os valores do bem a serem preservados com o reconhecimento pela XI CPC: Valores etnográficos. Históricos, paisagísticos, urbanísticos, arquitetônicos, artísticos e arqueológicos.

Os remanescentes missioneiros de São Miguel Arcanjo, no Brasil, foram inscritos na Lista do Patrimônio Mundial em 1985, junto com as reduções de San Ignácio Mini, Santa Ana, Nuesta Señora de Loreto e Santa Maria Mayor, na Argentina. Esses são os principais remanescentes das missões jesuíticas em território Guarani, caracterizando uma particular organização social e forma de ocupação do território sul-americano.

La Payada 
La Payada é uma espécie de poesia improvisada predominante em alguns países da América do Sul, entre eles Argentina, Chile e Paraguay. O reconhecimento desse patrimônio, considerando seus aspectos culturais singulares, ressalta a necessidade de valorizar e reconhecer a importância dos versos e da musicalidade desse bem cultural.

A relevância de La Payada para América do Sul apresentada pelo Comitê Técnico ad hoc foi essencial para decisão da CPC em reconhecimento do bem.

Fonte: DEFENDER

Fonte original da notícia: IPHAN

Read Full Post »

O curso será direcionado para técnicos do Iphan com interesse direto nas atividades do Projeto, e membros do seu Comitê Gestor projeto de Valorização da Paisagem Cultural e do Parque Histórico das Missões Jesuíticas dos Guaranis (RS).

Iniciativa decorre de Projeto de Cooperação Internacional e conta com expertise espanhola.

Dando continuidade às atividades do projeto de Valorização da Paisagem Cultural e do Parque Histórico das Missões Jesuíticas dos Guaranis, acontece entre 04 e 06 de março, em Porto Alegre (RS), a primeira etapa da colaboração entre o Instituto Andaluz del Patrimonio Histórico (IAPH) – órgão de Patrimônio Cultural da Junta da Andaluzia, Espanha -, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Representação da UNESCO no Brasil. O curso Paisagem e Patrimônio Cultural – Introdução à Leitura Patrimonial da Paisagem, conduzido pelo IAPH, fará uma introdução ao conceito de Paisagem Cultural e critérios metodológicos para sua identificação e análise, subsidiando a programação dos estudos sobre a paisagem na Região das Missões.

No curso serão apresentadas metodologia desenvolvida pelo Instituto Andaluz para caracterização de paisagens culturais, bem critérios de intervenção correspondentes, utilizando dois estudos de caso: as paisagens da Enseada de Bolonia e do Centro Histórico de Sevilha, onde o IAPH desenvolveu ferramentas de apoio à gestão, entre elas o denominado Guia da Paisagem.

O curso será direcionado para técnicos do Iphan com interesse direto nas atividades do Projeto, e membros do seu Comitê Gestor.

Fonte: IPHAN e Defender

Read Full Post »