Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘São Borja’

Como não houve interesse público, Prefeito autorizou a ação.

Foto: Ana Possobon/Rádio Cultura

No último sábado (31) foi derrubado um casarão antigo, no centro da cidade e que teria sido construído na década de 30. O imóvel, que não era considerado como Patrimônio Público, pertenceu a um casal de portugueses e agora está sob a responsabilidade dos filhos, Fernando José Marroni de Abreu e Ana Maria Marroni de Abreu.

Segundo o Promotor Cultural do Instituto Federal Farroupilha, Fernando Rodrigues, foi realizado um inventário do imóvel e oferecido ao município para que realizasse a compra, como o município não se interessou os proprietários optaram pela demolição.

De acordo com a Prefeitura de São Borja, em agosto de 2012 foram assinados três decretos que estabeleciam que o imóvel possuía os critérios necessários para ser tombado, mas em 19 de janeiro deste ano, o Prefeito Farelo Almeida junto ao Conselho Municipal de Conservação e Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural, através do decreto 15.678 revogaram a ação, permitindo a demolição, já que não havia nenhum interesse público na construção.

Ainda segundo Rodrigues, deveria existir uma implementação nas políticas de cultura, para que a prefeitura pudesse destinar verbas para a compra desses imóveis e evitar que fossem perdidos.

Nesta segunda-feira, às 17h, acontece na Prefeitura uma reunião com o Conselho de Políticas Culturais de São Borja para buscar alternativas e evitar que outros prédios históricos sejam derrubados. Por Ana Possobon

Fonte: Defender

Fonte original da notícia: http://www.radioculturaam1260.com.br

Anúncios

Read Full Post »

Sob a coordenação do Profº Dr. Sergio Klamt, a equipe do Centro de Ensino e Pesquisas Arqueológicas da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) realizou o diagnóstico arqueológico da parte externa do Museu Getúlio Vargas de São Borja.

Image

Após o trabalho de campo, as atividades prosseguiram no laboratório para a interpretação dos dados. A metodologia aplicada foi a de trincheiras multidirecionais de maneira que toda a parte externa fosse coberta para a avaliação, com a finalidade de detectar estruturas (piso, calcamento, alicerce) ou objetos (louça, vidros, etc) ligados à ocupação do casarão construído em 1910.

Durante as escavações a equipe localizou uma pequena parte de um piso de tijolos típico da época de construção do prédio, utilizado para o calçamento ao redor da casa. Também foi identificado um pequeno canal de tijolos que deve ter servido para escoamento de água ou esgoto. Esse local será preservado através da abertura de uma janela no piso – onde ficará a reserva técnica, no prédio anexo a ser construído – a qual será coberta com vidro para que os visitantes tenham acesso e possam visualizar este vestígio histórico.

Image

O relatório de monitoramento arqueológico já foi apreciado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE) – onde o prédio é tombado – e devidamente aprovado. Recentemente, a mesma documentação foi protocolada junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) para avaliação.

A pesquisa arqueológica terá continuidade na parte interna do prédio quando for substituído o assoalho.

Projeto

O projeto de restauração e ampliação do Museu Getúlio Vargas de São Borja é uma realização da Prefeitura Municipal de São Borja, com patrocínio da AES Sul, através do financiamento do Pró-cultura RS (Lei de Incentivo à Cultura). Para a sua execução serão investidos de mais de dois milhões e meio de reais.

O planejamento e a gestão do projeto cultural são da Lahtu Sensu Administração Cultural e da Cida Cultural, com apoio do IPHAE.

O Museu Getúlio Vargas de São Borja renovado irá compor, junto com o Memorial João Goulart, o corredor histórico-cultural do município. Sua reinauguração está prevista para dezembro de 2014.

Fonte: www.cultura.rs.gov.br

Read Full Post »